Terça-feira, 30 de Novembro de 2004

Fragmento 11

Chegou
Como o vento ou a chuva
Sem se fazer anunciar instalou-se e nada disse
Tomou como seu algo que nao lhe pertencia
Não pertence, nunca pertencerá...
Mas que ela tomou
Apoderou-se do que nunca podia ter
Do que nunca poderia ser se fez feito
Se tornou corpo e alma
Invadiu os meus sentidos
Encheu-me de sentimentos que julgava para sempre enterrados
Perdidos...
Voltou a dar sentido a um vazio
Voltou a dar vida a um coração perdido
Perdido na propria mágoa.
Chegou e ficou
Não disse nada e ficou
Chegou sem querer coisa alguma e levou tudo.
Chegou sem ser
Chegou sem fazer
Ficou e é, mesmo sem o saber.
É tudo o que nunca algum dia foi
Nem nunca algum dia será,
Um todo de alguém que não tem nada,
Uma alma que me faz perder os sentidos e a razão
Mas que me encontra até nos meus sonhos
Sonhos...
Ela chegou e voltei a sonhar
Voltei a tentar sonhar com alguma coisa
Vontade de querer ser mais
De ter mais e mais do que nada tenho.
E talvez nunca possa ter.
Ela chegou e ficou,
Dentro de mim...

By - Angel-of-Death
In - "O espelho e eu"
publicado por Angel-of-Death às 16:47
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Napas a 10 de Dezembro de 2004 às 00:14
tá mt bonito, cada palavra é 1 beijo no meu coraçao, té me fazes suspirar, sweet pmg kisses


De hummmm a 3 de Dezembro de 2004 às 10:17
olha lindo eu ja tinha uma ideia k fosses axim mas kando li, supreendeste-me mas sim pela positiva, es espectacular, continua axim vou gostar semore de ti pelo k es......es diferente mas especial.....beijos fika bem lindinho ;)


De Gothic_Soul a 1 de Dezembro de 2004 às 15:18
Muito bonito Angel,não t conhecia esta tua veia artística :)Poema com muita emotividade e a espressar bem o k por vezes sem darmos conta nos acontece.espero por novos manifestos da tua parte :P bjs


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Não me odeies...

. Sinto a Alma gelar...

. Voltar atrás...

. Ao menos...

. So me dizes hoje...

. Talvez mentiras...

. Finalmente

. Negro no fim

. Nameless...

. Afinal, ainda não comecei...

.arquivos

. Outubro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2007

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds