Segunda-feira, 12 de Julho de 2004

Fragmento 7 - Perdido num sonho

Com tristeza abandono um lugar de sonhos, sonhos incompletos, sonhos que só consegui sonhar, só eu, só…
Triste, como se a tristeza fosse a pior mentira do mundo, mas não mente, nem sonha, nem vê, nem sente.
Como posso querer sonhar de novo, se ainda vivo um sonho, triste, vazio, só…
Só, como cheguei, assim parti. Parti rumo a lado nenhum, porque parto vazio, neste sonho desfeito, sentindo só, solidão.
Vejo as águas do Rio, cada vez mais distantes, mais longe e mais longe fica o fogo do meu peito, meu coração partido não volta comigo, perdido ficou, nas monumentais.
De que valia ele voltar se não me pertence, se não é a mim que ama, se não é por mim que pulsa. Poderia parar, sem o azul do seu mar, o céu azul dos seus olhos, que são seu alimento, seus donos, sua razão de existir.
Perdi-o para sempre, quebrado e triste, mas contente, porque ficou no seu lugar.
Que melhor forma de te amar, do que deixar-te voar? Seguir teu caminho, mesmo que este não se cruze mais com o meu. Antes amar-te num sonho bonito, do que não te ter, neste mundo real.
publicado por Angel-of-Death às 19:56
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Não me odeies...

. Sinto a Alma gelar...

. Voltar atrás...

. Ao menos...

. So me dizes hoje...

. Talvez mentiras...

. Finalmente

. Negro no fim

. Nameless...

. Afinal, ainda não comecei...

.arquivos

. Outubro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2007

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds