Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

Ao menos...

Preciso de te ver. Digo eu ao telefone.

Tu respondes que sim, hoje pode ser, a tua mulher não esta em casa.

Meto-me num táxi e corro para tua casa. Atendes-me a porta já quase despido, a noite é longa e intensa, fazemos amor que nem doidos, na cama no chão, no sofá, no chuveiro, sinto-me capaz de te matar de paixão. Mas a noite, que tão longa parecia, logo se desfaz, o sol bate à porta.

Acordo e penso em ligar-te, contar-te o meu sonho, mas a tua mulher é que está ao teu lado, eu não passo de um fantasma do teu passado, é hora de voltar a dormir, ao menos nos sonhos és meu.

By: Angel-of-Death

publicado por Angel-of-Death às 23:31
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Não me odeies...

. Sinto a Alma gelar...

. Voltar atrás...

. Ao menos...

. So me dizes hoje...

. Talvez mentiras...

. Finalmente

. Negro no fim

. Nameless...

. Afinal, ainda não comecei...

.arquivos

. Outubro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2007

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds