Sábado, 27 de Novembro de 2010

Sinto a Alma gelar...

 

Porque não vais de uma vez?

Porque te sinto fugir-me por entre os dedos, que já não te conseguem agarrar.

Estas mãos que não me respondem, este corpo que não controlo mais. Deixa-me de uma vez. Mas promete que voltas.

Não vás. Afinal não quero que me deixes. Dói-me tanto o corpo que não sinto. As mãos que não fecham, as pernas que que não querem andar.

Sinto-me perdido num mundo de onde não saio, nem para dormir. Sinto-me frio, sinto a Alma Gelar, sinto que tudo foge de mim e eu não corro atrás de nada, não posso. Não sei sequer há quanto tempo não sei de nada, há quanto tempo estou assim, aqui, perdido, morto, vivo mas dentro de uma casca morta e podre. Os momentos que tenho de lucidez, não sei se são realmente reais, se são fantasia. Que vida é esta, que martírio infeliz.

Sei de onde vim, ás vezes, e sei para onde vou, quase nunca. Ous e calhar não sei, e só finjo que sei porque não há nada mais a fazer senão fingir.

Finjo que te vais embora de vez. Mas não quero que vás, pelo menos não quero sempre, só ás vezes, ou quase sempre. Lembro-me de ti, há muitos anos, lembro. Lembro que não eras assim, mas não sei o teu nome. Ás vezes nem sei o meu. Mas não é sempre, só ás vezes. Ou então só ás vezes é que não me esqueço. Já  nem sei. Sei que não quero ser assim, não quero mais ser assim. Ver tudo passar, tudo passar ao lado e continuar, sem poder fazer nada, sem tocar, sem sentir. Sem sentido. Sinto a Alma Gelar... 

Acordo de um sonho bonito. Ja não estava aqui, estava lá, naquele jardim bonito, aquele dos nossos sonhos. Senti medo, pensei que te tinhas ido. Acordei á tua procura. Vem cá para ao pé de mim. Chega-te mais um pouco. Não te consigo sentir. Fala comigo, onde vais? Tenho frio... Tenho muito frio. Não te vejo voltar...

Sinto a Alma Gelar... 

 

By: Angel-of-Death

In: Saudades que tenho do que nunca fui...

publicado por Angel-of-Death às 14:24
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Não me odeies...

. Sinto a Alma gelar...

. Voltar atrás...

. Ao menos...

. So me dizes hoje...

. Talvez mentiras...

. Finalmente

. Negro no fim

. Nameless...

. Afinal, ainda não comecei...

.arquivos

. Outubro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2007

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds