Sexta-feira, 19 de Agosto de 2005

Fragmento 30 - Ás Vezes custa...

Não percebo bem ainda o que queres para nós, se nós realmente existimos ou se não é só uma fantasia.
Ás vezes custa-me pensar assim, mas pareço mais um problema, que uma solução quando, deveria ser o contrário. Custa-te gostar, admitir que gostas, custa-te talvez magoar-me? Sinto-me muitas vezes como um mal menor, que facilmente se ignora e se deixa de lado, à espera de uma resolução bem mais simples…
Às vezes custa, perder o que se gosta, perder quem se gosta, ou não perder nada, porque afinal nada é o que existe em maior quantidade.
Gostava de perceber e não consigo, preciso de ajuda e não a tenho, preciso de ti e não sei se alguma vez terei…
É triste e ás vezes custa, não todos os dias, mas só ás vezes, quando as saudades não nos deixam dormir, quando não podemos deixar de pensar, de sentir, quando já não sei se sou eu ou se és tu, quando não te consigo mais ver, ás vezes custa…
Mas não custa tanto, como saber ou sentir, que estamos distantes, mesmo lado a lado, como se aquela barreira de aço fosse feita, ou um fosso sem fundo existisse entre nós, não sei que mais hei-de fazer, não sou capaz de voar por cima de tudo isso, cortam-me as asas, não saio do chão, perco-me num caminho que não existe, procurando a luz que teimas em não me dar.
Ás vezes custa, perceber que somos e ao mesmo tempo não, custa até compreender-te, porque me deixa mais de rastos, no chão, porque não querendo ser, sou, não querendo perceber, percebo, e não consigo negá-lo, queria ser teu mas tu não deixas, guardas esse teu mundo só para ti, não parece haver lugar para nós, quem sabe, talvez não tenha de ser…
publicado por Angel-of-Death às 19:41
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De mafalda a 4 de Setembro de 2005 às 19:26
... uma vez disse te que os teus textos eram lindos,este nao foge a regra...
Sei bem como te sentes, ja senti isso, mas ainda hoje me doi... doi me pensar que as vezes tudo nao passou de uma mera ilusao, e que so eu vi a historia de amor que crescia entre mim e ele, doi eu sei que doi! Mas nem sempre a vida é justa, nem sempre a pessoa ama nos como nós a ela... Mas se a amas, se tens a certeza que é ela que queres, corre a traz e se ela tiver de ser tua assim o sera...
Desculpa a invasao, desculpa comentar, mas nao resisti...
beijos mafalda


De Iglaia a 24 de Agosto de 2005 às 13:03
tu proprio me ensinas-t que tudo o que tiver de acontecer.. irá acontecer.. por mais voltas que des.. por mais que penses ou repenses.. talvex a pexoa q procuras exista dentro de ti.. e nem sequer a cunheces.. deixa a vida a andar plos proprios pes dela e verás que tudo correra como tem de ser mas sem te xateares tant osem t magoare stanto.." conforma-te com o que tens e serás felix-..." bjs e sabes q estarei SP aqui....


De ceridwen a 19 de Agosto de 2005 às 21:45
As vezes custa tentares encontrar em ti akilo que sentes e enquando isso resolves lutar por algo. entretanto sentes o chão a fugir debaixo dos pes...começas a repensar se seria verdade. chegas à conclusão que as coisas n são o q parecem e deixas que elas voltem a procurar-te como sempre fizeram...isto claro, se tiver de ser!beijo


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Não me odeies...

. Sinto a Alma gelar...

. Voltar atrás...

. Ao menos...

. So me dizes hoje...

. Talvez mentiras...

. Finalmente

. Negro no fim

. Nameless...

. Afinal, ainda não comecei...

.arquivos

. Outubro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2007

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds