Quarta-feira, 15 de Junho de 2005

Fragmento 23 - Um passar...

Just me.jpg


Envelhecer, certo, é certo que os anos passam por nós, a correr, por vezes, lentamente, quando o momento assim o exige, quando a alma nos comanda, qaundo nos guia.
A morte é inevitável, a única grande certeza da vida, tão grande como a própria vida, que nos dá liberdade para decidir, caminhar pelos nossos próprios passos, errar, erguer a cabeça, aprender e seguir em frente. Por vezes breve, quando a morte nos toma, o que a vida nos dá, ceifando tudo, indescriminadamente, deitando por terra todos os sonhos e esperançãs, a busca constante de uma vida melhor, saqueada, na derrota, da única guerra que a vida não pode vencer, pode lutar, como lutavam os índios, incessantemente contra o extremínio do seu povo, com garra, com vontade e imensa coragem, mas por muitas batalhas que vença, o final da guerra está já traçado, a morte acabará por vencer pelo cansaço, pela persistência, porque tempo não lhe falta. Por toda a eternidade irá conquistar, conquistar corações e mentes fracas, alguns até se entregam, sem motivo aparente, sem vontade de viver, sem vontade de aprender a vida, sem nunca procurarem a felicidade. Estúpidos. A vida é um dom, a maior riqueza que poderiamos receber, todos os sentidos, recebendo sensações a cada instante, agradáveis, ou não, são elas que nos fazem sentir vivos, felizes ou tristes, sempre vivos, e é essa a razão da nossa existência, viver, o mais que se puder, porque um dia o corpo morre, e só o espírito vive, vagueando pelos lugares que outrora podias tocar, as flores que podiamos cheirar, o amor que podiamos dar ou receber, a vida feliz que poderiamos ter...

By: Angel-of-Death
In: "O espelho e eu"
publicado por Angel-of-Death às 15:41
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Não me odeies...

. Sinto a Alma gelar...

. Voltar atrás...

. Ao menos...

. So me dizes hoje...

. Talvez mentiras...

. Finalmente

. Negro no fim

. Nameless...

. Afinal, ainda não comecei...

.arquivos

. Outubro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2007

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds