Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

thefallenangel

thefallenangel

21.09.19

Spirit Horse


Angel-of-Death

2189197_4Ycuw.jpeg

 

A vida ás vezes leva-nos por caminhos estranhos, tortos, sinuosos.

Leva-nos em loucuras, e á loucura, devaneios, fogosos disparates, ou não...

Leva-nos onde o coração manda e a razão não entra, nem pode entrar, não há lugar para a razão nesse lugar.

Sempre ou nunca, fui de me levar ou deixar levar. Bem, se calhar é o contrário, sempre me deixei levar mais pela loucura do momento, do que pela razão ou consciência, mas não há muito, ou talvez até nada mesmo que me traga arrependimento, traz sim saudade. 

Fugazes, audazes, breves, intensos, deixam água na boca, deixam ás vezes uma ou outra lágrima de alegria quando me recordo.

Deixam risos e alegria, tristeza e ás vezes dá vontade de voltar...

Há alguns que passaram a correr, outros devagar, outros não passaram de momentos, alguns foram desejos, alguns impossíveis tornados realidade, outros vontades, verdades, mentiras, mentiras não, todos foram verdades á sua maneira própria.

Alguns foram erros, grandes, enormes, que me destroçaram, me atormentaram durante muito tempo, ou algum tempo, até o próximo aparecer.

Há sempre aqueles que marcam mais, por este ou aquele motivo, ás vezes nem sei porque me marcaram mais uns do que outros, talvez porque os certos se confundem com os errados e nem sei se na verdade algum é certo, mas na verdade nenhum foi errado, muito menos tu.

Tu...

Tu és, e serás sempre o meu maior, mais intenso, mais curto, feliz caso e acaso, o meu mais inesquecível e gostoso erro...

by: Spirit Horse

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.